domingo, 28 de julho de 2013

Palco




Eu não sei quem você é na realidade, se o seu reflexo no espelho é verdadeiro ou imaginário!
Eu sei que gostaria de lhe conhecer, de estabelecer um diálogo contigo, de poder entender um pouco mais sobre você, suas dificuldades, suas alegrias, suas tristezas, conhecer os seus sonhos, me mudar para eles e fazer deles uma realidade insubstituível.
Eu não sei qual o meu lugar na sua vida, se estou na primeira fila, na do meio ou na última; Eu só sei que faço parte da platéia e como um todo eu aplaudo a sua maneira de ser e demonstrar suas afeições! Mas eu quero que você me queira também, porque não é difícil me conhecer, não sou inatingível, muito pelo contrário...eu me deixo atingir pela paixão facilmente e talvez seja este o meu maior erro... meu maior pecado! Os meus defeitos estão escritos, impressos na minha alma decifrável e frágil e com eles eu conquisto minhas virtudes, insanas ou não. Eu me deixo levar pelas loucuras reais e tentadoras de uma pessoa que vive e ama e com isso eu me perco e por vezes fico preso no porão da minha essência tentando me encontrar novamente...pra fazer tudo de novo...eu sou assim....não me comporto, não me iludo tão somente das mentiras que presencio e que me desfolham em atitudes sem brios! Eu sou alguém que caminha, para, olha para o horizonte, pensa e continua caminhando!
Porque eu penso em você e isso me dá mais alegrias para continuar seguindo...até onde os meus olhos fixos em um ponto, descortinam outros cenários, outras realidades...

Bruno Garcia

12 comentários:

  1. Acho interessante como alguns textos tem o poder de serem como portais... e esse teu texto me levou por muitos lugares, e porque não dizer, sensações...

    Um belo texto!

    Tenho um amigo, que mora em RO, lá para as bandas de Ariquemes.... ainda não tive a chance de conhecer aqueles lados! Mas te falo que 12h em um ônibus eu tiro de letra! ;-)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado =)
      Realmente até 12 h eu aguento...rs...mas quando morei em Porto Velho - RO eram mais de 48 horas dentro de um ônibus...horrível, fora o calor que faz por aqueles lados...rs

      Excluir
  2. Conhecer a nós mesmos é tão difícil quanto conhecer o outros. Nossas contradições perturbam nossa mente, o importante é que não percamos a essência nesse turbilhão de dúvidas.
    Bjux

    ResponderExcluir
  3. vc anda de tamanquinho na minha vida meu querido amigo ... te adoro ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tamanquinho? Adorei....ahahahaha
      Tb te adoro meu querido;
      Bjux

      Excluir
  4. "...conhecer os seus sonhos, me mudar para eles e fazer deles uma realidade"!
    Ter a coragem de encarar a si mesmo no espelho, antes de poder ver o outro!Que bom encontrar um texto como esse!
    Gostei da verve... que nos permite espiar um tiquinho sua alma de poeta!

    Abraços


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No Palco da vida encontrar...ou ser encontrado....
      Obrigado Alex =)
      Super abraço!

      Excluir
    2. Melhor ainda: "encontrar e ser encontrado"!
      Abração

      Excluir

Obrigado pela visita!